Educação, entretenimento e cultura online

60 dicas de plataformas, apps e experiências imersivas digitais.

Assistir a apresentações de seus artistas favoritos, admirar obras de grandes museus sem ter que enfrentar fila para entrar, fazer cursos desde o conforto do seu sofá. A cada dia, aumentam as oportunidades de ter acesso à educação, ao entretenimento e à cultura online.

Recentemente, a plataforma global de tendências Trendwatching revelou 10 grandes apostas para o mundo pós-coronavírus, incluindo entre elas o aumento das experiências  imersivas virtuais, principalmente nos mercados de cultura, esportes e viagens. Só que, com as medidas de confinamento que foram adotadas por muitos países, essa tendência ganhou ainda mais impulso e muitas dessas experiências digitais já estão sendo disponibilizadas ao público, inclusive de forma gratuita em alguns casos.

É verdade que muito antes de qualquer tipo de quarentena, muita gente já passava longos períodos em casa, conectado a plataformas de streaming, como Netflix, Amazon Prime e HBO, além do Youtube, claro. Só que agora, as opções têm se multiplicado de forma acelerada. Quem gosta de filmes cult, por exemplo, deveria conhecer o Belas Artes à la Carte, plataforma de streaming do Cine Belas Artes de São Paulo.

Outra opção imperdível, que mescla diversas experiências de cultura online, é a nova plataforma Sesc Digital, lançada em abril pelo Sesc São Paulo, incluindo arquivos de vídeo, áudio, imagem e texto, sobre arte, música, literatura, arquitetura, cinema, esporte, circo, dança, teatro, entre outros, além de alguns cursos livres. Tudo absolutamente grátis.

Quer outras boas dicas para aproveitar ainda melhor o tempo que você fica conectado à internet? Confira:

 

Espetáculos e óperas online

Seguir seus artistas preferidos nas redes sociais, assistir às lives que eles postam e ver clipes de música não são as únicas opções para quem quer misturar entretenimento e cultura online. Você já pensou, por exemplo, em assistir a alguns dos espetáculos do Cirque du Soleil diretamente da sua sala? O Grupo Corpo também publica trechos de suas apresentações no Vimeo e oferece várias experiências interativas em sua conta de Facebook com a participação de inúmeros fãs.

Outra boa ideia é ir além das playlists do Youtube e do Spotify, e assistir a óperas e concertos online, como os da Filarmônica de Berlim, que oferece uma seleção de preciosidades grátis. A Ópera Metropolitana de Nova York também libera regularmente em seu site algumas apresentações completas e gratuitas. Aproveite!

 

Canais de exercícios físicos

Para quem é amante dos esportes ou simplesmente quer cuidar-se um pouco melhor, uma boa notícia: o tempo que você fica conectado à internet não precisa necessariamente ser uma parte sedentária do seu dia. Afinal, existem também vários canais de Youtube e até alguns aplicativos que estimulam a prática de exercícios físicos, com aulas, treinos e explicações detalhadas. Acompanhe algumas dicas:

  • Carol Borba – profissional do mundo fitness que ensina a fazer exercícios para cada parte do corpo;
  • Exercício em Casa – canal com videoaulas de diversas modalidades como alongamento, aerohit, pilates, ginástica, etc.;
  • NAMU – além de aulas de yoga, pilates e fitness, também há uma seção sobre gastronomia;
  • Nike Training Club – aplicativo com opções de treinos de diversas modalidades;
  • Pri Leite Yoga – yoga para iniciantes com videoaulas temáticas;
  • Quero Treinar – canal do professor Mario Black com orientações sobre exercícios, alimentação saudável e estética corporal.

 

Cursos online gratuitos

Com um pouco de disciplina e determinação, você também pode transformar conexão em aprendizagem. A educação à distância pode ser uma ótima maneira de formar-se, informar-se, especializar-se, atualizar seus conhecimentos ou desenvolver novas habilidades. Confira a seguir uma seleção de plataformas e cursos gratuitos.

Plataformas com diversos cursos:

  • Brasil Mais Digital – informática e internet;
  • Embrapa – agro;
  • Escola Virtual do Governo Federal – administração pública;
  • Faber Castell – desenho e artes visuais para crianças e adultos;
  • Fundação Bradesco – desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Fundação Getúlio Vargas – educação executiva;
  • Instituto Aegon – requalificação para maiores de 50;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Sul – cursos acadêmicos;
  • Kultivi – concursos, OAB, Enem, etc.;
  • Sebrae – empreendedorismo.
  • Cursos em destaque em outras plataformas:
  • BluePrint – Facebook – anúncios de Facebook e Instagram;
  • Certificação Google – Goobec – anúncios no Google;
  • Curso introdutório sobre mudança climática – ONU;
  • Desvendando a Indústria 4.0 – Senai;
  • Inbound Marketing – Hubspot;
  • Inglês – Cambridge – idioma;
  • Introdução ao Controle de Sistemas – ITA – tecnologia;
  • Introdução ao Marketing Analítico – Insper;
  • Marketing Digital – Google;
  • WordPress na prática – RockContent – desenvolvimento de sites.

 

Podcasts

Outra boa ideia para quem quer aprender e se divertir, mas sem ter necessariamente que ficar na frente do computador, é ouvir podcasts, arquivos de áudio (para baixar ou escutar online) sobre os mais variados temas.

Nós até já fizemos por aqui 9 indicações imperdíveis de podcasts, incluindo programas que falam sobre comunicação, cultura digital, comportamento, literatura, história, cinema, esportes, política, sociedade, etc. Não deixe de conferir.

 

Visitas virtuais a museus

Agora, você pode estar se perguntando, o que fazer, então, com aquela eterna vontade de viajar? Nesse caso, além de explorar o mundo através do Google Street View e de ver vídeos e fotos dos seus influencers de viagens preferidos, você também tem outras opções, como visitar o Taste Atlas, um mapa-múndi que mostra pratos típicos de cada país do mundo, incluindo receitas para você testar na sua própria casa.

Outra atividade comum entre muitos viajantes é visitar museus para conhecer a arte e a história de cada lugar visitado. Para isso, é válido saber, em primeiro lugar, que o próprio Google mantém uma plataforma chamada Google Arts & Culture em colaboração com mais de 2.000 museus e arquivos de diversos países, em que é possível explorar coleções, vídeos em 360º, além de outras experiências imersivas.

Mas algumas instituições também mantém suas próprias plataformas. O mundialmente famoso Museu do Louvre é um bom exemplo, ainda que a plataforma do Museu de História Natural da Universidade de Oxford chame mais atenção ao navegar. A do British Museum também oferece uma experiência diferenciada, assim como a do Museu Arqueológico Nacional Espanhol.

Por outro lado, para quem prefere submergir-se nas obras de um artista específico, vale a pena conhecer, por exemplo, a plataforma da Fundação Salvador Dalí, com diversas exposições, monográficos e obras de pintura e escultura do mestre catalão. E também fazer um recorrido virtual pelo Museu Frida Kahlo, a Casa Azul, onde a artista mexicana viveu.

 

Outras opções interessantes:

  • Museu Oceanográfico Alemão de Stralsund;
  • Museu de História Natural de Londres;
  • Museu Nacional do Ar e do Espaço de Washington;
  • Museu de História Natural de Berlim;
  • Museu dos Insetos da China Ocidental;
  • Museu Nacional de Ciência e Tecnologia Leonardo da Vinci.
  • Livros para baixar e ler de graça
  • Outra boa forma de ter acesso a ofertas de cultura online é buscando por livros digitais. Para ajudar você nessa busca, selecionamos algumas bibliotecas virtuais com obras para baixar gratuitamente ou para ler na própria web. Veja:
  • Biblioteca Brasiliana – site da USP com cerca de 3 mil livros para download;
  • Domínio Público – portal com obras de literatura, música e vídeo;
  • eBooks Brasil – livros eletrônicos gratuitos em diversos formatos;
  • Google Play – livros gratuitos para baixar em sistema Android ou para ler online;
  • Machado de Assis – site do MEC com obra completa do escritor;
  • Read Print – obras clássicas em inglês.

Fonte: O Seu Dinheiro Vale Mais